Sindicato dos Bancários visita agências em Porto Grande, Pedra Branca e Serra do Navio

No dia 03 de outubro, o Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Estado do Amapá, Sintraf/AP, fez visitas, reuniões e distribuição de brindes aos bancári@s nos municípios de Porto Grande, Pedra Branca do Amapari e Serra do Navio.

A Assessoria Jurídica do Sintraf/AP, feita pelo escritório Costa & Ramos, que estava representado pelo Dr. Lucivaldo Costa, esteve também presente nas reuniões com bancári@s, que iniciou com as Agências do Banco do Brasil. Nestas além das informações sobre a Campanha Salarial 2018, foi debatido sobre as eleições da Proposta de Alteração Estatutária da Cassi, que o banco está tentando impor aos seus funcionários, foi discutido também sobre a falta de pessoal que vem afetando o desempenho das Agências visitadas, haja vista, todas apresentarem “claros” em suas lotações de pessoal.

Notamos também que na Agência do Banco do Brasil de Porto Grande a porta de entrada e vidraça frontal foi danificada devido uma tentativa de assalto em frente à Agência, mas os mesmos já estavam sendo esperados para reposição. Já na Agência de Pedra Branca do Amapari, também do Banco do Brasil, observamos que estão fazendo uma reforma na parte interna.

PORTO GRANDE

Quanto as Agências do Bradesco, o que percebemos é que o maior problema é a falta de pessoal para atendimento dos clientes e usuários gerais, pois tinha uma grande quantidade de pessoas esperando atendimento e somente uma funcionária atendendo, sem falar que todas as Agências do Bradesco visitadas nos três municípios trabalham sem numerário, deixando assim a população desassistida em relação a isso.

PEDRA BRANCA

“Dando continuidade ao nosso plano de trabalho, fizemos as visitas as agências e bancários dos municípios de Porto Grande, Pedra Branca e Serra do Navio. O que ficou mais evidente foi falta de pessoal, mesmo diante do lucro gigantesco obtido pelos bancos.  Não existe um retorno para investimento em pessoal. Esse é um problema sério que levaremos até Superintendência do Banco do Brasil e os Gerentes do Banco Bradesco para que melhore as condições de trabalho para estes bancários”, Edson Gomes, Presidente do Sintraf/AP.

SERRA DO NAVIO

Além dos itens acima, falamos também da importância do trabalhador ser sindicalizado, principalmente no momento em que vivemos num paísem crise, devido a um Golpe, onde todos os trabalhadores só tiveram perdas com a aprovação da terceirização, a reforma trabalhista e a ameaça da reforma previdenciária que ainda nos paira. Com isso, conseguimos novas sindicalizações que virão reforçar o trabalho sindical em nossa classe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>